Minas por Região
Infraestrutura

19h01min - 30 de Junho de 2009 Atualizado em 05h49min - 29 de Junho de 2013

Governador anuncia a criação do Batalhão de Trânsito de BH

O governador Aécio Neves anunciou a implantação do novo Batalhão de Trânsito de Belo Horizonte criado para reforçar a fiscalização de trânsito na capital mineira. O governador também lançou campanha educativa com o objetivo é mobilizar a população para o cumprimento das leis de trânsito.

BELO HORIZONTE (30/06/09) - O governador Aécio Neves anunciou, nesta terça-feira (30), a implantação do novo Batalhão de Trânsito de Belo Horizonte criado para reforçar a fiscalização de trânsito na capital mineira. Com essa medida, o Governo de Minas aumenta a atuação da Polícia Militar na fiscalização dos condutores que dirigem após ingerir bebida alcoólica, incentivando o cumprimento da Lei Seca. A combinação de álcool e direção é uma das principais causas dos acidentes registrados no Estado.

Durante solenidade na Transitolândia, espaço destinado à educação de trânsito para crianças, no bairro Gameleira, o governador também lançou campanha educativa que será realizada pela Polícia Militar em escolas, ruas e estradas de todo o Estado. O objetivo é mobilizar a população para, juntamente com a Polícia Militar, incentivar o cumprimento das leis de trânsito.

“É importante que possamos, a partir de Belo Horizonte, constituir um novo laboratório para o Brasil. Com políticas educativas, informativas e repressivas temos condições de trazer resultados mais positivos para que tenhamos uma diminuição dos crimes de trânsito e dos óbitos que a partir deles decorrem”, afirmou o governador, em seu pronunciamento.

Mais policiamento

A nova unidade policial de trânsito de Belo Horizonte será criada a partir da elevação da Companhia de Trânsito Independente à categoria de batalhão. Localizado no bairro Gameleira, o batalhão contará com 435 policiais, 165 a mais do que existia na companhia, representando um aumento de 61%. A unidade de trânsito atuará em áreas estratégicas da capital, como grandes corredores, principais avenidas e locais com maior movimento de pessoas e próximo a espaço de eventos.

O policiamento de trânsito de Belo Horizonte é realizado pela Polícia Militar em parceria com a BHTrans, órgão responsável por fiscalizar a circulação, parada e estacionamento de veículos. Em 1999, com a municipalização do trânsito no Brasil, instituída com o Código de Trânsito Brasileiro, o antigo Batalhão de Trânsito da Capital foi extinto, ficando responsável pela fiscalização de condutores e veículos a Companhia de Trânsito Independente.

Educação no trânsito

A campanha educativa anunciada pelo governador será realizada pelas unidades da Polícia Militar com blitze preventivas e educativas e distribuição de panfletos em escolas, nas vias públicas e rodovias estaduais e federais de responsabilidade da Polícia Militar Rodoviária. O objetivo é sensibilizar todos os integrantes das famílias mineiras com relação à importância de respeitar as regras de trânsito e cumprir a Lei Seca.

“Estamos lançando uma inédita campanha em todo o Estado, nos 853 municípios mineiros, junto às escolas municipais e estaduais e também a jovens e adultos onde a Polícia Militar vai fazer ação educativa e pedagógica, distribuindo folhetos, solucionando dúvidas, informando a população sobre as suas responsabilidades e também sobre as eventuais punições que poderão ter se infringirem a lei. Por outro lado, estamos reeditando o Batalhão de Trânsito de Belo Horizonte e dobrando o seu efetivo”, afirmou o governador em entrevista.

Cumprindo as leis

Aécio Neves ressaltou que as ações repressivas e educativas mostram que Minas não permitirá que a Lei Seca deixe de ser cumprida. Segundo ele, o envolvimento das novas gerações na campanha irá estimular, desde já, entre os futuros motoristas, o cumprimento das leis de trânsito.

“Um dos parâmetros para você analisar o nível de desenvolvimento, de amadurecimento e de progresso de uma sociedade é a avaliação da educação no trânsito. O Brasil tem muito que aprender ainda. Tivemos em relação à Lei Seca uma inibição dos acidentes causados por ingestão de bebida alcoólica, mas houve um certo relaxamento. A grande realidade é essa, no Brasil não houve uma manutenção daquela redução dos indicadores. Por isso, estamos valorizando o trabalho junto a essas novas gerações, a essas crianças, fazendo uma ação preventiva para os adolescentes e adultos de todas as cidades”, afirmou.

Com o tema “Em Minas, gente grande valoriza a vida”, a campanha alerta sobre as principais causas dos acidentes registrados no Estado. O excesso de velocidade, avanço de sinal e uso de bebida alcoólica são os motivos mais recorrentes. O panfleto da campanha traz dicas de segurança para crianças dentro dos veículos, nos passeios e nas ruas, além de orientações aos motoristas para garantir a paz no trânsito.

25 anos da Transitolândia

Durante a solenidade que marcou os 25 anos da Transitolândia, o governador Aécio Neves entregou uma placa a Daniel Barbosa, milionésimo aluno que passou pela escola de trânsito. Ele também plantou uma muda de pau-brasil repetindo um gesto do então governador Tancredo Neves durante a inauguração do espaço em 1984.

A Transitolândia de Belo Horizonte funciona como uma mini-cidade, com ruas, praças, semáforos, quebra-molas e passagens para pedestres. Já atendeu 1 milhão de crianças de quatro a 12 anos das redes particular, municipal e estadual de ensino, principalmente da capital e da Região Metropolitana.

“A Transitolândia não é apenas um parque como pode parecer. Talvez seja a primeira lição de cidadania que essas crianças estão podendo ter e acredito que esta geração que surge, que nasce e que brota agora, será uma geração muito melhor que a nossa na compreensão dos seus deveres, dos seus direitos e das suas responsabilidades”, afirmou o governador.

No espaço, as crianças aprendem, de forma lúdica, a importância de se observar as regras do Código de Trânsito Brasileiro. Recebem orientações sobre como atravessar ruas, conceito de mão e contramão, o significado dos sinais de trânsito, os sinais e apitos dos guardas, as placas de sinalização e ainda participam de aulas ministradas por policiais militares.

Comando Especializado

O governador também visitou exposição de equipamentos do Comando de Policiamento Especializado, que comemora cinco anos este mês. O Comando foi criado com a finalidade de unificar a direção das forças especiais da Polícia Militar de Minas Gerais. É responsável pela coordenação, controle e emprego das forças especiais da Polícia Militar em todo o Estado de Minas Gerais.

Em cinco anos, o Comando de Policiamento Especializado apreendeu 8.750 armas de fogo ilegais, atuou em 2.230 eventos esportivos e culturais, 322 manifestações, 47 rebeliões em estabelecimentos prisionais, 96 ocorrências com artefatos explosivos, 42 episódios com reféns e realizou 223 controles de movimentos de massa.

Fazem parte do Comando Especializado, o Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes, Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas, Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo, Batalhão de Polícia de Eventos, Batalhão de Polícia de Guardas, Companhia de Polícia Militar de Trânsito Independente, 4º Companhia de Missões Especiais, Batalhão de Polícia Militar Rodoviária e Companhia de Polícia Militar de Meio Ambiente.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato