Minas por Região
Infraestrutura

13h06min - 19 de Outubro de 2009 Atualizado em 08h21min - 26 de Junho de 2013

Redutor eletrônico já está funcionando em rodovia estadual

O primeiro dos 74 Redutores Eletrônicos de Velocidade a serem implantados nas rodovias estaduais este ano começou a operar no km 3 da MGC 262. A instalação dos radares faz parte do Programa Estruturador de Aumento da Capacidade de Segurança dos Corredores de Transporte.

BELO HORIZONTE (19/10/09) - O primeiro dos 74 Redutores Eletrônicos de Velocidade a serem implantados nas rodovias estaduais este ano começou a operar, na manhã desta segunda-feira (19), no km 3 da MGC 262. Antes de entrar em operação, o redutor foi testado e aferido pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). A velocidade máxima permitida é de 40 km/h, pois tem travessia de pedestres no local.

Segundo o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), Fuad Noman, “a escolha dos locais levou em consideração o fluxo de veículos e o índice de acidentes, considerando suas causas”. Foram levantados 424 pontos críticos, com o apoio da Polícia Militar Rodoviária que elabora os boletins de ocorrência de acidentes. Já estão sendo feitos os projetos executivos para obras de melhoria nesses locais. A implantação dos radares é mais uma ação que, em conjunto com ações educativas e de melhoria da engenharia das pistas e da sinalização, ajudará na redução dos acidentes, afirma o secretário.

A ordem de início para implantação de 196 radares foi assinada no dia 22 de setembro. Os consórcios vencedores da licitação iniciaram as obras de engenharia para a colocação dos equipamentos um dia após a assinatura. As primeiras ações foram subterrâneas com a preparação e implantação dos dutos e cabos, que possibilitam a transmissão dos dados e das imagens.

Em 2009, serão instalados 74 redutores de velocidade, sendo que 42 pontos receberão registradores de excesso de velocidade fixo (Pardal). Outros 32 serão monitorados por barreiras eletrônicas ostensivas, (como totem).

Neste primeiro momento serão investidos R$ 7 milhões, mas durante o contrato, que é de quatro anos, este valor chegará a R$ 98,5 milhões alocados na implantação e na manutenção dos equipamentos. No máximo em 30 meses todos os 196 radares estarão funcionando, de acordo com o estipulado no contrato. As empresas vencedoras da licitação, além de instalar os radares, serão responsáveis pela manutenção e operação dos mesmos sendo que a lavratura do auto de infração ficará a cargo do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG).

Em 2009, serão instalados dois tipos de radares: a Barreira Eletrônica Ostensiva, que mede a velocidade, registra imagens e mostra ao motorista a velocidade no painel eletrônico, e o Registrador de Excesso de Velocidade Fixo, equipamento conhecido como “pardal”, que mede velocidade e registra imagens do veículo infrator.

A instalação dos radares faz parte do Programa Estruturador de Aumento da Capacidade de Segurança dos Corredores de Transporte (Proseg). O objetivo é identificar os pontos com maiores índices de acidentes nas rodovias estaduais e propor as melhores soluções técnicas para cada um deles, seja radares, fiscalização, mudança de sinalização, obras de engenharia, instalação de balanças, entre outras ações.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato