Minas por Região
Infraestrutura

13h18min - 04 de Abril de 2009 Atualizado em 01h45min - 26 de Junho de 2013

Vice-governador de Minas entrega casas populares no interior

BELO HORIZONTE (04/04/09) - O vice-governador Antonio Augusto Anastasia, o secretário de Estado de Governo, Danilo de Castro, o presidente da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho e o presidente da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG), Teodoro Lamounier, entregaram 200 casas populares nos municípios de Argirita, Santana de Cataguases e Visconde do Rio Branco, na Zona da Mata mineira, nesta sexta-feira (3) e sábado (4). Com investimentos de R$ 4,77 milhões, as casas foram construídas pela Cohab-MG, por meio do Programa Lares Geraes – Habitação Popular (PLHP).

Em Argirita, foi inaugurado o Conjunto Habitacional Antônio Vasconcelos. O investimento na construção das 42 casas do conjunto alcançou a cifra de R$ 1,1 milhão. Do total de mutuários, 59% são mulheres chefes de família, qualificadas como titulares de contratos de financiamento.

“Os municípios pequenos precisam ter investimentos do Governo de Minas, como habitação, asfaltamento, construção de postos de saúde e melhoria na educação, para evitar o êxodo rural e levar o desenvolvimento a toda Minas Gerais. Essas famílias estão aqui realizando o sonho da casa própria”, disse Anastasia durante a entrega das chaves aos novos proprietários.

Participaram da inauguração do Conjunto Habitacional em Argirita, o prefeito Carlos Aurélio Carminate Almeida (Cacau), os deputados federais Mário Heringer e Rodrigo de Castro, e os deputados estaduais Sebastião Helvécio e Lafayette Andrada, além de prefeitos da região.

Em Santana de Cataguases, 58 famílias receberam as chaves de suas casas no Conjunto Habitacional Terezinha de Jesus Souza, no bairro São Francisco. As obras consumiram investimento de R$ 1,4 milhão e os beneficiários são famílias com renda mensal entre um e três salários mínimos. Entre os mutuários, 26% são mulheres arrimo de família.

A prioridade para as mulheres e, especialmente, para aquelas que sustentam a família foi instituída pela Cohab-MG na Resolução 294/2007, que estabeleceu os critérios de inscrição, seleção e classificação dos candidatos. A decisão seguiu orientação do governador Aécio Neves, que desejava assegurar maior garantia às mães de família. Para evitar que elas pudessem ficar sem teto, por motivo de separação ou divórcio, ou no caso de serem mães solteiras, a Companhia estabeleceu novos critérios na seleção de candidatos ao programa.

As casas dos Conjuntos Habitacionais da Cohab-MG têm dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço coberta. Os mutuários que pagam as parcelas das casas em dia recebem da Companhia um desconto na prestação, proporcional à renda familiar.

“O Governo de Minas tem parcerias com todas as cidades mineiras, de todos os tamanhos, sem preconceito. Essa é a nossa necessidade: fazer casas em todos os municípios, não só nos grandes. Esse é o esforço do governador Aécio Neves e de todo o Governo de Minas: dar infra-estrutura completa a todas as cidades do Estado”, afirmou o vice-governador, na cerimônia de entrega de chaves aos novos proprietários, ao lado do prefeito de Santana de Cataguases, Edgar Xavier de Souza. Durante o evento, Anastasia recebeu o Título de Cidadão Honorário santanense.

Em Visconde do Rio Brando, o vice-governador inaugurou o Conjunto Habitacional Mário Bouchardet Sênior, com 100 casas. O investimento no empreendimento foi cerca de R$ 2,1 milhões, sendo que o município contribuiu com R$ 150 mil, referentes à doação e à urbanização da área destinada às casas. O restante da soma ficou a cargo do Governo de Minas, através da Cohab-MG. Nesse conjunto de 100 casas, a participação das mulheres como titulares dos contratos de financiamento é de 74%. Na cidade, o vice-governador e os parlamentares compareceram ao velório do vereador mais velho do município. Raimundo de Souza Lima faleceu aos 78 anos depois de ter cumprido oito legislaturas consecutivas.

Lares Geraes

A Cohab, através do Programa Lares Geraes, constrói na Zona da Mata 559 casas em 12 municípios, com investimento de R$ 12,3 milhões, gerando durante as obras 700 empregos diretos e indiretos. Serão entregues ainda em abril os conjuntos habitacionais de Visconde do Rio Branco (100 casas) e de Senador Cortes (13 das 17 casas do conjunto). Além destes, estão em construção os conjuntos de Bicas (39 casas), Chácara (9), Coimbra (50), Piraúba (19 casas), Rio Preto (26), Rodeiro (47), Rochedo de Minas (60) e Ubá (91).

Entre 2005 e 2007, a Cohab-MG entregou 592 casas na região da Zona da Mata, investimento de R$ 11,84 milhões. Os municípios beneficiados foram: Cataguases (69 casas), Dom Silvério (33), Leopoldina (75), Recreio (159), São Pedro dos Ferros (35), Sem Peixe (28), Visconde do Rio Branco (102) e Volta Grande (91).

Programa Lares Geraes – Habitação Popular (PLHP), criado e implementado pelo Governo de Minas, por intermédio da Cohab-MG, a partir de 2005, expressa a prioridade dada pelo Estado à redução do déficit habitacional em Minas e o compromisso firmado pelo Governo do Estado de oferecer habitações dignas a um número crescente de famílias mineiras que ganham até três salários mínimos e não têm condições de adquirir a sua moradia própria.

Nos sete Conjuntos Habitacionais inaugurados pela Cohab neste ano – São Gonçalo do Abaeté, Santana da Vargem, Madre de Deus de Minas, Carrancas, Santana de Cataguases, Argirita e Visconde do Rio Branco – as mulheres arrimo de família correspondem a 55,84% do total de mutuários. No ano passado, as mulheres titulares dos financiamentos contratados junto à Cohab-MG somaram 2.475, contra 2.166 homens.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato