Minas por Região
Governador

20h03min - 04 de Julho de 2011 Atualizado em 03h50min - 01 de Julho de 2013

Brasileiros prestam última homenagem a Itamar Franco em solenidade no Palácio da Liberdade

BELO HORIZONTE (04/07/11) - Os mineiros se despediram, nesta segunda-feira (4), do senador e ex-presidente da República, Itamar Franco, com emocionante homenagem no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte. O governador Antonio Anastasia acompanhou os familiares desde a chegada do corpo no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), no Aeroporto da Pampulha, passando pelo velório no Palácio da Liberdade, até a cerimônia de cremação, no Cemiterio e Crematorio Parque Renascer, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

A presidente da República, Dilma Rousseff, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso compareceram ao velório, acompanhados de ministros de Estado. Os senadores Aécio Neves e Clésio Andrade, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, deputado estadual Dinis Pinheiro, e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, também acompanharam a despedida. Em entrevista no Aeroporto da Pampulha, Antonio Anastasia lamentou a perda de um dos mais importantes políticos mineiros.

“Não há dúvida de que é uma perda muito grande, especialmente para Minas Gerais, que nos últimos meses perdeu três grandes nomes, os senadores Eliseu Resende e Itamar Franco e o vice-presidente José Alencar. Então, estamos num semestre muito triste para nós mineiros. E o presidente Itamar é um homem que, como eu disse, com a sua autoridade moral, com a sua sensibilidade social, foi uma referência, um exemplo para todos nós”, destacou o governador.

Chegada do corpo

O corpo do senador e ex-vice-presidente Itamar Franco chegou às 10h40, ao Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), no Aeroporto da Pampulha. O governador Antonio Anastasia acompanhou, ao lado das filhas de Itamar, Fabiana e Georgiana, do vice-governador Alberto Pinto Coelho e do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, o desembarque da urna, que chegou de Juiz de Fora, na Zona da Mata, na aeronave Amazonas, da Força Aérea Brasileira (FAB).

Itamar estava sendo velado desde a manhã desse domingo (3), na Câmara Municipal de Juiz de Fora. Ele faleceu no sábado (2), aos 81 anos, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) na UTI, onde estava sendo tratado de uma pneumonia decorrente de uma leucemia aguda.

Na base aérea, o corpo de Itamar Franco recebeu honras militares dispensadas a chefes de Estado e foi conduzido para uma viatura histórica do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, modelo de 1959, utilizada em eventos especiais como o velório do ex-presidente Tancredo Neves, em 1985, e do ex-vice-presidente José Alencar, em março deste ano.

Cortejo

Escoltado por carros das Forças Militares do Estado, o corpo de Itamar Franco deixou a Base Aérea da Pampulha em direção ao Palácio da Liberdade por volta das 11h. O cortejo seguiu pela pista central da avenida Antônio Carlos e, no Centro da cidade, percorreu as avenidas Afonso Pena e João Pinheiro, seguindo até à Praça da Liberdade, em um percurso de cerca de 15 quilômetros.

O corpo de Itamar Franco chegou às 11h40 ao Palácio da Liberdade. Na Praça da Liberdade, a viatura do Corpo de Bombeiros passou pela Alameda Travessia, onde centenas de pessoas aguardavam para se despedir do político mineiro.

Nos jardins do Palácio, o corpo de Itamar Franco foi recebido com honras militares por um pelotão de Dragões da Inconfidência, grupamento especial do Regimento de Cavalaria Alferes Tiradentes da Polícia Militar de Minas Gerais. Dezenas de coroas de flores com dedicatórias e manifestações de admiração a Itamar foram depositadas ao lado da entrada principal da sede do governo mineiro.

O caixão foi carregado por cadetes da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e por soldados do Exército e da Aeronáutica. Antes de entrar no salão nobre, o corpo do ex-presidente recebeu homenagens de autoridades e amigos, com uma chuva de pétalas de rosas. Na sacada do Palácio da Liberdade, o hino do Estado, “Oh! Minas Gerais”, foi executado pela cantora Valquíria Gomes. O governador Antonio Anastasia, o vice-governador Alberto Pinto Coelho e o senador Aécio Neves acompanharam os familiares do ex-presidente na entrada da urna no salão nobre.

“Itamar Franco foi homem de uma absoluta retidão moral e de princípios. Poucos homens construíram uma trajetória tão reta e tão fiel e leal aos valores de Minas e aos princípios que devem nortear a vida pública. Eu, pessoalmente, além da perda do homem público, choro e lamento a perda do amigo querido”, disse o senador Aécio Neves.

Missa e visitação pública

Governadores, senadores, deputados federais e estaduais, políticos e amigos de todo o país vieram se despedir do ex-presidente. Ex-secretários de Estado de Itamar Franco, da época em que foi governador (1999-2002), também aguardavam o corpo para as últimas homenagens.

O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, realizou celebração litúrgica de despedida do ex-presidente, com a leitura do Sermão da Montanha. Por volta das 12h30, o acesso ao público foi liberado. Cerca de 4.500 pessoas passaram pelo salão nobre do Palácio da Liberdade. A visitação pública foi encerrada às 14h40.

“Itamar Franco teve uma importância incontestável para o Brasil, pelo político que foi, estadista, tudo aquilo que ele fez por Minas Gerais e pelo Brasil. Um homem admirável no seu posicionamento. E a colaboração que deu fica como grande herança e como referência para todos nós”, declarou Dom Walmor.

Velório

Vinte minutos depois, o caixão foi fechado e conduzido até uma limusine, para o cortejo até o Cemitério Parque Renascer, em Contagem. O corpo foi recebido com honras militares reservadas a Chefes de Estado pela Guarda Fúnebre, composta por 200 homens do Exército e da Aeronáutica. Uma salva de tiros de fuzil foi executada pelo 14ª Grupamento de Artilharia de Campanha (GAC). Na subida da rampa do crematório, mais homenagens, com uma salva de 21 tiros de canhão.

A cerimônia foi restrita a parentes e amigos de Itamar Franco. O governador Antonio Anastasia e o vice-governador Alberto Pinto Coelho, acompanhados do prefeito Marcio Lacerda, também participaram.

“Muita tristeza neste momento final de despedida do presidente Itamar. Agora temos o compromisso de honrar sua memória, seguir seu exemplo de honradez, austeridade e de sensibilidade social, mas, sobretudo, de um coração muito grande que ele tinha”, afirmou o governador.

Admiração dos mineiros

Desde o início da manhã desta segunda-feira (4), milhares de pessoas aguardavam a chegada do corpo do ex-presidente Itamar Franco. Antes de iniciar a visitação pública, populares formaram longa fila para se despedir do senador e ex-governador de Minas Gerais.

Para a professora Uneide Figueiredo, a homenagem dos mineiros ao ex-presidente Itamar Franco é merecida. “Vim para despedir e prestar minha última homenagem a uma pessoa que fez muito para o Brasil e é justo prestar essa homenagem pra ele. Que a alma dele descanse em paz”, disse.

Para a empresária Juliane Pedroso, o senador “era uma pessoa muito importante, fez muita coisa boa. Era uma pessoa especial”.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato