Minas por Região
Governador

17h51min - 01 de Dezembro de 2009 Atualizado em 01h55min - 25 de Junho de 2013

Corpo de Bombeiros e Samu assinam convênio de integração

O vice-governador Antonio Anastasia, o prefeito de BH, Márcio Lacerda, e o comandante dos Bombeiros, coronel Gilvan Almeida Sá, assinaram Convênio de Cooperação Técnica para Atendimento Pré-hospitalar, que estabelece ações integradas entre o Corpo de Bombeiros e o Samu.

BELO HORIZONTE (01/12/09) - O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Belo Horizonte já trabalham de forma integrada, compartilhando responsabilidades e otimizando a prestação de socorro às vítimas de urgência e emergência na capital. Na manhã desta terça-feira (1º), o vice-governador Antonio Anastasia, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, o secretário de Estado de Defesa Social, Maurício Campos Júnior, o secretário Municipal de Saúde de Belo Horizonte, Marcelo Gouvêa Teixeira, e o comandante do CBMMG, coronel Gilvan Almeida Sá, assinaram o Convênio de Cooperação Técnica para Atendimento Pré-hospitalar, que estabelece diretrizes para regulação das ações e da coordenação dos atendimentos dessas instituições.

“Samu e Corpo de Bombeiros estão trabalhando irmanados em prol do cidadão de Belo Horizonte. É um processo complexo, vamos fazer em diversas etapas, mas o passo inicial foi dado”, afirmou o vice-governador. Anastasia lembrou que “dentro das obsessões que temos na gestão pública, está a coordenação integrada das ações de governo. Talvez, seja a atividade mais difícil de todas, quer no âmbito federal, estadual, municipal, nós integrarmos a ação governamental dentro da própria esfera de governo; fora, muito mais difícil”. Para ele, é fundamental que os gestores públicos tenham boa vontade e bom senso, o que vem ocorrendo na questão do socorro à população e resultou no compromisso documentado. “Aquele eventual conflito que havia no passado desaparece”, declarou.

Para o prefeito Marcio Lacerda, “o convênio é inspirado nesse momento novo que se vive em Minas Gerais. Nossa população está há muito tempo cansada dos efeitos da baixa política, da política menor e nós não podemos permitir que o processo de disputa partidária, eleitoral, contamine o atendimento que é a nossa missão de servidores públicos”. Ele lembrou que uma equipe da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) está no Rio de Janeiro, apresentando esse modelo de integração aos cariocas. De acordo com ele, “não é à toa que, diria, tem um significado importante, um simbolismo bonito, o fato da Paula Martins (gerente de Urgência da Secretaria Municipal de Saúde) estar no Rio, hoje, falando com os cariocas como os mineiros trabalham”.

O secretário Maurício Campos acredita que “foi-se o tempo em que nos encontrávamos com o empenho operacional do Corpo de Bombeiros e do Samu, com o desejo e a missão de atender aos cidadãos mineiros, e por uma falta, eventualmente, de uma sistemática desse atendimento e uma prévia compreensão dos limites e potenciais de cada qual, nos deparávamos com situações inusitadas em que todos perdiam”. Conforme ressaltou o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Gouvêa Teixeira, “a parceria entre Bombeiros e Samu já uma realidade no município”, o que considera uma conquista. “O dia de hoje é um marco. Essa integração vai garantir a eficiência do atendimento para a população. Essa assinatura mostra a intensa cooperação de procedimentos. O convênio vai melhorar a comunicação e garantir maior resolutividade. Nossa ideia é ter um plano de contigência entre Samu e Bombeiros para melhorar qualidade de vida da população", disse Teixeira.

“Foi um trabalho árduo, porém profícuo e temos hoje essa parceria com o objetivo de buscar a melhor, a mais rápida e mais competente resposta aos anseios e necessidades daqueles que clamam pelo socorro pré-hospitalar”, definiu o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Gilvan Almeida Sá.

Na prática

A integração entre o Samu e o Corpo de Bombeiros está funcionando desde o dia 16 de outubro no cotidiano dos atendimentos à população da capital. Na prática, as duas instituições já compartilham as telas onde são registradas as informações dos chamados recebidos e se comunicam em tempo real por meio da mesma frequência de rádio. As chamadas continuam a ser recebidas pelos números 192 e 193, mas o acionamento das ambulâncias de cada instituição seguirá os critérios acordados no convênio.

O documento prevê a definição dos princípios reguladores do atendimento, as formas de acionamento dos serviços, a comunicação e encaminhamentos, a coordenação e padronização, entre outros procedimentos. Dessa forma, as ocorrências de casos clínicos, obstétricos e psiquiátricos serão atendidas prioritariamente pelo Samu. As que demandarem ações de salvamento terrestre, aquático e em altura, bem como as que envolverem produtos perigosos e combate a incêndio, ficam sob a responsabilidade dos Bombeiros. Os casos de trauma e acidentes com várias vítimas serão atendidos por ambos.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato