Minas por Região
Governador

20h50min - 25 de Janeiro de 2010 Atualizado em 08h06min - 01 de Julho de 2013

Governador autoriza início das obras do Estádio Mineirão

O governador Aécio Neves autorizou, nesta segunda-feira (25), início imediato das obras de modernização do Estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. A reforma será dividida em três etapas e estará concluída em sua totalidade até dezembro de 2012. A primeira etapa prevê intervenções para correção de imperfeições, reforço na estrutura das bases de sustenção e cobertura do estádio. Até junho, o Mineirão terá capacidade para receber partidas dos clubes mineiros simultaneamente às obras.

De acordo com o governador, o novo Mineirão está sendo projetado para atender todas as exigências da Federação Internacional de Futebol (FIFA) e ter papel de destaca durante a Copa de 2014.

“Estamos hoje partindo para a ação concreta no sentido de dar início às obras do Mineirão, o nosso Gigante da Pampulha. Nenhum outro projeto avançou como avançou o projeto do Mineirão, o que nos permitirá pleitear um lugar de destaque na Copa de 2014. Todas as possibilidades estão em aberto e não será com discurso, mas com muito trabalho que vamos mostrar que temos condições, inclusive, de abrigar o jogo abertura da Copa. Vamos fazer do Mineirão o mais belo, confortável e seguro estádio do país”, disse Aécio Neves, em seu pronunciamento.

O anúncio do início das obras foi feito no hall principal do Mineirão, na presença de atletas como Buglê, autor do primeiro gol feito no estádio, e de outros craques do futebol mineiro, como Reinaldo, Palhinha, Éder Aleixo, Jair Bala e Dadá Maravilha. Também estava presente o técnico Carlos Alberto Silva, que atuou no América, Cruzeiro, Atlético e Seleção Brasileira, além de dirigentes dos principais clubes de Minas. 

Três etapas

Os investimentos previstos na primeira etapa das obras serão de R$ 8,2 milhões, recursos do Governo de Minas. As obras serão executadas pela Retech Serviços Especiais de Engenharia, com supervisão da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop).

“O campo será rebaixado em 3,5 metros, dando uma visibilidade muito mais adequada a todas as partes da arquibancada e cadeiras. O Mineirão ficará muito parecido com o que existe nos estádios mais modernos do mundo, onde as cadeiras ficam muito mais próximas do campo. Onde hoje é a geral, teremos a extensão das cadeiras, um lugar que não é tido como muito nobre, que são as cadeiras inferiores, passarão a ser o lugar mais nobre do estádio”, disse ele.

Já totalmente fechado ao público, o Mineirão, na segunda etapa das obras, terá escavações e demolições e, na terceira etapa, rebaixamento do campo e construção de novos vestiários, dentre outras intervenções.

Campeonatos

O governador afirmou ainda que o cronograma de obras estabelecido permitirá a manutenção dos jogos dos campeonatos Mineiro e Brasileiro no Mineirão até junho de 2010, quando começa a segunda etapa. O Mineirão aberto durante o primeiro semestre do ano atende a pedido dos clubes e da Federação Mineira de Futebol.

No segundo semestre, quando começar a segunda etapa e o Mineirão for fechado ao público, os jogos dos campeonatos Mineiro e Brasileiro serão transferidos para os estádios Raimundo Sampaio, o Independência (Belo Horizonte) e Henrique Nogueira (Nogueirão), mais conhecido como Arena do Jacaré (Sete Lagoas). Os dois estádios também estão passando por reforma completa.

Memorial do Esporte

O governador anunciou ainda que o projeto do novo Mineirão contempla a criação do Memorial do Esporte, espaço que reunirá documentos históricos – textos, fotos, áudios, fotografias e vídeos – do futebol e de outros esportes praticados em Minas Gerais.

“Os grandes estádios do mundo são também locais de visitação. Se você for no San Siro, se você for no Camp Nou do Barcelona, você vai ver lá inúmeros atrativos, e esse será mais um deles. O automobilismo teve uma história belíssima aqui no entorno do Mineirão durante décadas, o próprio futebol, e vamos trazer também referências de outros esportes. Portanto, quando inaugurarmos o Mineirão, estará sendo inaugurado também, o Memorial do Esporte Mineiro”, disse ele.

Ainda durante a solenidade, o ex-jogador Buglê deixou a marca de seus pés, que será incorporada ao Memorial. Buglê, que atuou pelo Atlético Mineiro, foi o autor do primeiro gol da história do Mineirão, quando a Seleção Mineira venceu o River Plate, da Argentina, por 1 a 0, no dia 05 de setembro de 1965.

Mais moderno

O projeto arquitetônico foi elaborado pelo escritório de arquitetura Gustavo Penna contando com a parceria internacional da Von Gerkan, Marg und Partner (GMP). Gustavo Penna exibiu um vídeo para atletas, dirigentes esportivos e convidados, detalhando cada uma das etapas da obra. Ele afirmou que o Mineirão será um dos mais modernos estádios do país e uma referência para o futebol internacional.

Ele disse também que o projeto preserva a fachada original do estádio. Outra novidade será a construção de uma grande esplanada no entorno do estádio, uma área multiuso que também facilitará o fluxo de público. Gustavo Pena ressaltou ainda que uma grande passarela fará a ligação do Mineirão com o Mineirinho, onde será instalada toda equipe de apoio, imprensa e mídia durante os jogos da Copa do Mundo de 2014.

O que muda no Mineirão

O estacionamento terá sua capacidade aumentada para 4.180 vagas, sendo 3.140 vagas cobertas e 1.040 descobertas.

A capacidade de público será de 70 mil torcedores.

O campo será rebaixado em 3,5 metros para que a visibilidade do torcedor seja garantida em qualquer ponto do estádio.

No primeiro acesso haverá 120 baias que permitirão a entrada de mais de 100 mil espectadores por hora.

O segundo acesso será através de 250 catracas que possibilitarão o acesso de todo o público ao interior do estádio em menos de uma hora.

O Mineirão contará com 64 guichês de atendimento.

Os vestiários e demais áreas de atletas e juízes serão reformuladas e terão acesso direto e exclusivo para a rua, sem que haja contato com imprensa ou espectadores.

 A área “VIP” terá 8 mil metros quadrados, incluindo espaços destinados aos lounges e com possibilidade de criação de 100 novos camarotes.

A imprensa também terá acesso direto e exclusivo à área de trabalho que será ampliada com a criação de estúdios de transmissão, sala de conferência e zona mista.

Através de escadas e elevadores será possível acessar a tribuna central que terá plataforma para câmeras, capacidade para 1.375 observadores, mil mesas de trabalho e 300 postos para comentaristas.

Dois telões estarão localizados acima das tribunas principais, com dimensões de 12 x 6,8 metros, em tecnologia LED SMD de última geração, com alto brilho e alto contraste, que assegura boa visibilidade, mesmo com exposição direta à luz solar.

O projeto preserva a fachada do Mineirão e de seu entorno.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato