Minas por Região
Ciência e Tecnologia

18h15min - 14 de Maio de 2009 Atualizado em 08h47min - 28 de Junho de 2013

Governador defende investimentos em tecnologia e inovação

O governador Aécio Neves recebeu, em Lavras, o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Lavras. Em seu discurso, Aécio Neves destacou a política do Estado de investir em tecnologia e inovação, buscando a parceria com centros propagadores do conhecimento.

LAVRAS (14/05/09) - O governador Aécio Neves recebeu nesta quinta-feira (14), em Lavras, no Sul de Minas, o título de Doutor Honoris Causa da Universidade Federal de Lavras (UFLA). O título foi concedido por unanimidade pelo Conselho Universitário e valoriza o esforço do Governo de Minas nos últimos anos em projetos de ciência e tecnologia e educação, especialmente no ensino superior. Em seu pronunciamento, no auditório da Universidade, Aécio Neves destacou a política do Governo de Minas de investir em tecnologia e inovação, buscando a parceria com os centros propagadores do conhecimento, entre eles, a UFLA.

“Estamos, a cada dia, convencidos de que os investimentos na produção do conhecimento farão a grande diferença entre as nações. De um lado, estarão os pioneiros no processo de inovação. Do outro, aqueles que não perceberam a oportunidade e, portanto, ficarão a reboque do processo de desenvolvimento. Por isso lançamos em Minas uma ação de Estado para nos preparar corretamente para participar de forma proativa da economia do conhecimento”, afirmou. E completou: “sabemos que, especialmente neste momento de crise, a inovação torna-se fator decisivo para superar os desafios, pois fica mais evidente a necessidade de diversificação de nossa economia, de agregar valor aos nossos produtos, gerando melhores empregos, mais renda e mais divisas, e com mais responsabilidade social. A Universidade de Lavras tem dado a sua decisiva contribuição nesse processo”.

Investimentos

O governador pontuou alguns dos investimentos feitos pelo Estado em tecnologia, pesquisa científica e inovação. Segundo ele, mesmo com a crise afetando o Orçamento do Estado, estas áreas continuarão a ter investimentos expressivos, incluindo a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig).

“Com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior , criamos três projetos estruturadores, voltados para inovação, nos quais, em 2007 e 2008, foram investidos recursos da ordem de R$ 200 milhões, alocando na Fapemig os recursos previstos na Constituição, que em 2008, chegaram a R$ 230 milhões. Em 2009, apesar das dificuldades impostas pela crise mundial, estamos mantendo a decisão de priorizar a alocação de 1% da receita líquida do ICMS para a Fapemig, demonstrando a firme decisão de fazer da ciência, tecnologia e inovação e da capacitação de recursos humanos, a base do desenvolvimento de Minas, como um estado líder na economia do conhecimento”, afirmou Aécio Neves.

Fóruns

O governador recebeu o título de Doutor Honoris das mãos do reitor da UFLA, Antônio Nazareno Guimarães Mendes, que estava acompanhado de diversos prefeitos da região, entre eles a prefeita de Lavras, Jussara Menicucci, e parlamentares. De acordo com o estatuto da Universidade, o título de Honoris Causa é outorgado “a personalidade que tenha se distinguido pelo saber ou pela atuação em prol das ciências, artes e do bem-estar humano”.

“Na administração Aécio Neves, as universidades federais e estaduais passaram a contar com uma profícua parceria que resultam numa relação sinérgica”, destacou o reitor, em seu pronunciamento.

Além da contribuição do Governo de Minas para a pesquisa e para o ensino superior, o reitor destacou que o governador Aécio Neves foi escolhido para receber a homenagem também pela recuperação da capacidade de investimento do Estado, com o equilíbrio das contas públicas, e com a retomada das negociações com os organismos internacionais.

Solenidade

A entrega do título ocorreu durante o IV Congresso de Extensão da UFLA (Conex) e ao I Fórum Regional de Extensão - uma parceria entre a pró-reitoria de Extensão e Cultura da UFLA com o Fórum das Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão para a Revitalização do Lago de Furnas (Fórum-Lago) e com a Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago).

“Temos procurado dar nossa contribuição aos esforços regionais em defesa do grande mar interior em que se converteu o sistema Furnas. Orgulho-me de ter contribuído, ainda que modestamente, como parlamentar e depois governador, para a preservação da Cemig e de Furnas como empresas públicas e o crescimento de ambas. Sinto-me especialmente feliz por reencontrar-me, nesta oportunidade, com representantes de seus municípios ribeirinhos, e compartilhar com eles ideias, projetos e os nossos sonhos sobre o futuro”, disse Aécio Neves.

Os objetivos do Congresso e do Fórum são a mobilização dos atores sociais da região para ações que promovam o desenvolvimento sustentável; a troca de experiências interinstitucionais e comunitárias relativas aos projetos e programas de extensão desenvolvidos na região; e a promoção de treinamento com cursos e reuniões temáticas, com foco em responsabilidade social e ambiental.

UFLA

Fundada em 1908 como Escola Agrícola de Lavras, transformada em Escola Superior de Agricultura de Lavras (ESAL) e posteriormente em Universidade Federal de Lavras (UFLA). A Universidade tem uma atuação pioneira com iniciativas como o primeiro silo aéreo para armazenagem de grãos em Minas Gerais, primeira exposição agropecuária do Estado.

Além da geração de conhecimento e do ensino de qualidade oferecido aos seus estudantes, a universidade atua na produção de alimentos, madeira, fibras, medicamentos e energia renovável.

Atualmente, a UFLA oferece 15 cursos de graduação, 17 de doutorado e 19 de mestrado. A Universidade também no ensino a distância, pesquisa, cursos de extensão. Circulam diariamente 12.500 no campus universitário. Entre alunos presenciais e a distância, a UFLA tem atualmente 13.691 estudantes.

Parcerias

A UFLA é parceira do Governo de Minas em diversos projetos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente como no Zoneamento Ecológico-Econômico, no Inventário Florestal, Inventário de Resíduos e na Implantação de Sistemas Adequados de Disposição de Resíduos Sólidos Urbanos. A Fapemig também tem financiado diversas pesquisas na UFLA, especialmente com relação ao café.

A Alago também é parceria do Governo de Minas. A Associação assinou no dia 8 de maio deste ano convênio com a Copasa para a elaboração de 29 projetos de esgotamento sanitário nas cidades integrantes da Associação, com investimentos de R$ 3,9 milhões por parte da Copasa. O objetivo é, através dos projetos, fazer um levantamento sobre quanto será necessário para a despoluição e revitalização do Lago de Furnas.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato