Minas por Região
Governador

18h52min - 23 de Junho de 2010 Atualizado em 08h46min - 30 de Junho de 2013

Governador e prefeito assinam ordem de serviço para obras

BELO HORIZONTE (23/06/10) - O governador Antonio Anastasia e o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, assinaram, nesta quarta-feira (23), durante solenidade na Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), ordem de serviço para início das obras de construção de viaduto entre as avenidas Antonio Carlos e Abraão Caram, na região da Pampulha. As obras fazem parte do Plano Estratégico para realização da Copa do Mundo de 2014 que prevê melhorias de acesso ao Estádio Governador Magalhães Pinto (Mineirão).

Durante a solenidade, o governador anunciou a publicação do edital da terceira etapa de Modernização do Mineirão/Gestão Compartilhada, que deverá se iniciar em novembro deste ano, com término previsto para novembro de 2012. Nessa fase, que terá a participação da iniciativa privada, serão construídas a cobertura do Mineirão, a esplanada e o estacionamento, o acesso ao Mineirinho e áreas de comércio que tornarão o estádio em uma arena multiuso.

“Essa é uma modelagem interessante, uma espécie de PPP (Parceria Público-Privada). Já houve uma consulta prévia, recebemos diversas indagações e sugestões de melhorias. O edital já está no site e é uma obra grandiosa. São mais de R$ 600 milhões para reconstruir o Mineirão tornando-o uma arena multiuso, fundamentalmente para o futebol, mas também para outros usos. Acreditamos que será uma experiência muito bem sucedida. O Mineirão ficará pronto em 2013, para a Copa das Confederações”, disse o governador Antonio Anastasia em entrevista.

Com a modernização, o Mineirão será transformado em arena multiuso, assegurando a sustentabilidade do estádio, aumento de rendimentos aos clubes de futebol mineiros e melhoria da qualidade dos serviços oferecidos ao torcedor. O modelo de gestão compartilhada adotado pelo Governo de Minas já é utilizado na Alemanha, Holanda, França e Cingapura.

A reforma do Mineirão está dividida em três etapas. A primeira etapa foi concluída com a realização de serviços de manutenção, correção de anomalias estruturais com investimento de R$ 8,2 milhões. A segunda etapa terá início no dia 28 de junho para realizar o rebaixamento do campo em 3,5 metros; demolição de parte das arquibancadas inferiores; construção de escritórios, banheiros e vestiários. Nessa fase, serão investidos R$ 3 milhões. A terceira fase das obras, que inclui as maiores intervenções no Mineirão, está orçada em R$ 654,5 milhões, sendo R$ 426,4 milhões para obras no estádio e R$ 228,1 milhões para as obras da esplanada, anexos e estacionamentos.

Melhoria no acesso ao Mineirão

A parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Belo Horizonte para melhorar o acesso ao Mineirão prevê a construção de dois viadutos e uma trincheira, entre as avenidas Abraão Caram e Antonio Carlos, totalizando investimento de R$ 45,4 milhões. Desse total, o Governo do Estado participa com R$ 10 milhões, destinados a desapropriações. As obras facilitarão também o acesso ao Campus da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Os R$ 34,4 milhões restantes serão investidos pela Prefeitura de Belo Horizonte.

“Essas obras são fundamentais não só para a Copa do Mundo, mas para o legado pós-Copa e aquilo que a cidade e o Estado vão se beneficiar depois de termos feito uma grande infraestrutura. A obra vai ajudar a Copa, mas muito mais importante, vai permanecer posteriormente para dar mais conforto e mobilidade aos cidadãos de Belo Horizonte e da Região Metropolitana”, afirmou o governador.

Parcerias

Durante solenidade na PBH, o prefeito Marcio Lacerda também assinou ordem de início das obras de expansão do Boulevard Arrudas, entre a rua Carijós, no Centro da cidade, e a avenida Barbacena, no Barro Preto. Com extensão de 1.100 metros, a obra será realizada com R$ 63 milhões, recursos próprios da PBH. Durante a solenidade, o prefeito ressaltou a importância das parcerias entre o Governo do Estado, administração municipal e o governo federal.

O Governo de Minas já investiu mais de R$ 600 milhões em obras viárias para melhorar o tráfego da capital mineira. Em março deste ano, o Estado entregou à população de Belo Horizonte novo trecho da obra de alargamento da avenida Antonio Carlos, entre o Complexo da Lagoinha e a rua dos Operários, no bairro Cachoeirinha. O trecho faz parte da segunda fase de obras de alargamento da avenida, projeto que contou com investimento de R$ 250 milhões - R$ 190 milhões do Estado e R$ 60 milhões da Prefeitura de Belo Horizonte. Somente em desapropriações foram investidos R$ 111 milhões.

“Esse evento demonstra a força da parceria e do planejamento. A Prefeitura de Belo Horizonte está muito bem planejada para a Copa do Mundo de 2014, em associação com o Governo do Estado, com a participação do governo federal. São parcerias imprescindíveis, porque sabemos que uma Copa do Mundo não é uma coisa simples”, disse Antonio Anastasia.

Linha Verde

O Boulevard Arrudas faz parte da Linha Verde, maior conjunto de obras viárias executado em Belo Horizonte e na Região Metropolitana nas últimas décadas. Na primeira etapa, o boulevard foi implantado no trecho da avenida dos Andradas, entre alameda Ezequiel Dias e o cruzamento da avenida do Contorno com e rua Rio de Janeiro, numa extensão de 1,4 km. A obra ampliou a capacidade de tráfego com 4 faixas em cada sentido, sendo duas delas sobre o ribeirão Arrudas, coberto com 600 vigas e lajes de concreto.

Novas obras de melhorias de acesso estão previstas na avenida Cristiano Machado, Antonio Carlos e Complexo da Lagoinha, principais corredores de acesso ao Mineirão. Os investimentos do Governo de Minas chegam a R$ 53,3 milhões. Os recursos são destinados à construção de viaduto, novas passarelas, alargamento de pista e obras já existentes, com o objetivo de melhorar o tráfego nas vias.

Outras 54 ações estão previstas em conjunto entre Governo de Minas e PBH, nas áreas de Infraestrutura Esportiva, Mobilidade, Turismo e Rede Hoteleira, Comunicação e Marketing, Utilidade Pública e Requisitos FIFA. O documento denominado “Planejamento Estratégico” foi assinado em abril e detalha os responsáveis pelos respectivos projetos (Estado, Prefeitura ou ambos), além de estabelecer mecanismos de controle e verificação para cada uma das metas propostas. Dessa forma, Governo de Minas e Prefeitura irão assegurar o cumprimento das exigências e do cronograma de obras e investimentos em Belo Horizonte firmado junto à FIFA (Federação Internacional de Futebol e Associados).

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato