Minas por Região
Governador

20h16min - 03 de Setembro de 2009 Atualizado em 05h21min - 10 de Junho de 2013

Governador recebe Título de Cidadão Honorário da Bahia

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, foi homenageado na Assembleia Legislativa da Bahia, com o Título de Cidadão Honorário do Estado. Após ser condecorado, Aécio Neves lembrou de suas origens familiares nas regiões próximas à divisa de Minas Gerais com a Bahia e falou das semelhanças entre a população dos dois estados.

SALVADOR (03/09/09) - O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, foi homenageado, nesta quinta-feira (3), na Assembleia Legislativa da Bahia, com o Título de Cidadão Honorário do Estado. Recebido pelas principais lideranças políticas baianas, o governador, após ser condecorado, lembrou de suas origens familiares nas regiões próximas à divisa de Minas Gerais com a Bahia e falou das semelhanças entre a população dos dois estados.

“No Norte de Minas, nos sertões e caatingas que se espraiam, de Montes Claros para penetrar na Bahia do Sul, a nossa humanidade, mineira e baiana, é uma só. Os seus habitantes comungam dessa realidade, e se identificam como baianeiros – baianos e mineiros, misturados que são pelo sol escaldante, pela aridez das terras, pela luta incessante pelo trabalho, personagens fantásticos que descem e sobem o Rio São Francisco”, destacou em seu pronunciamento.

Ao traçar um paralelo entre o Norte de Minas e os Vales do Jequitinhonha e Mucuri com outras regiões pobres do Brasil, em especial o Nordeste, Aécio Neves destacou a importância de um planejamento específico para essas áreas e lembrou o esforço feito em Minas Gerais neste sentido nos últimos seis anos.

“Entre todos os saldos de gestão, o que mais me orgulha, como administrador e homem público, é constatar que fazemos hoje, nas regiões mais pobres de Minas, o dobro de investimento per capita em saúde e em educação que fazemos em todo o Estado. Talvez esse seja um bom modelo para o Brasil”, destacou.

Outro ponto fundamental para a redução da desigualdade no país, defendido por Aécio Neves em seu pronunciamento, é a reforma federativa, com a desconcentração dos recursos arrecadados no país.

“Hoje, vivemos a mais grave concentração de impostos, recursos e poder de decisão na esfera da União de nossa história. Quase 70% de tudo que se arrecada no país estão sob a guarda direta do governo central. Precisamos de um projeto que liberte das amarras não apenas o Brasil do Centro-Sul, mas principalmente o Brasil do Norte e do Nordeste”, defendeu.

Homenagem

A iniciativa da entrega do Título de Cidadão Honorário da Bahia ao governador Aécio Neves foi dos deputados estaduais Elmar Nascimento (PR), Leur Lomanto Júnior (PMDB) e Paulo Azi (DEM). Em seus discursos, os parlamentares, ao justificarem a homenagem, destacaram a trajetória política do governador desde os tempos em que trabalhou como secretário de seu avô, Tancredo Neves, até a reeleição ao Governo de Minas, em 2006. Os deputados lembraram ainda da atuação de Aécio Neves, na Câmara dos Deputados, como presidente da Casa.

Na administração de Minas Gerais, os parlamentares destacaram as negociações de Minas com os organismos internacionais de fomento, como Banco Mundial e Banco Interamericano de Desenvolvimento, que ao lado do equilíbrio das finanças estaduais permitiu a retomada dos investimentos públicos no Estado. Destacaram também o modelo “Estado para Resultados”, que fixou metas e prazos para todas as áreas da administração pública.

Lideranças

O governador Aécio Neves foi recebido no Aeroporto Luiz Eduardo Magalhães por lideranças como os deputados federais José Carlos Aleluia (DEM-BA), Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA) e Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente nacional do DEM, e pelo senador Antônio Carlos Magalhães Filho (DEM-BA).

Na Assembleia Legislativa, Aécio foi recebido pelo presidente da Casa, Marcelo Nilo (PSDB). Juntos eles passaram em revista à tropa da Polícia Militar e assistiram a uma apresentação típica de dança baiana. O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), o presidente da Assembleia Legislativa de Minas, Alberto Pinto Coelho (PP), o secretário de Estado de Governo de Minas, Danilo de Castro, além de deputados federais e estaduais e vereadores mineiros e da Bahia, acompanharam o governador.

Participaram ainda da homenagem na Assembleia o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, os ex-governadores Waldir Pires e Paulo Souto, o senador César Borges (PR-BA), o presidente do PSDB na Bahia, Antônio Imbassahy, o deputado federal Jutahy Magalhães (PSDB-BA), e o prefeito de Salvador, João Henrique (PMDB). Antes da cerimônia na Assembleia, Aécio Neves se encontrou com o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT) na sede do governo baiano.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato