Minas por Região
Governador

13h19min - 30 de Agosto de 2009 Atualizado em 04h17min - 01 de Julho de 2013

Governo entrega obras e libera recursos no Sul de Minas

O vice-governador Antonio Augusto Anastasia esteve no Sul do Estado, onde liberou recursos para obras e inaugurou pavimentação asfáltica no município de Bandeira do Sul. Em Machado, o vice-governador inaugurou uma subestação da Cemig e um conjunto habitacional com 80 casas.

BELO HORIZONTE (30/08/09) - O vice-governador Antonio Augusto Anastasia cumpriu agenda oficial no Sul de Minas, nesse sábado (29). Entre diversas inaugurações e anúncio de investimentos para a região, Anastasia se tornou Cidadão Honorário de Machado. O Título foi concedido ao vice-governador em sessão solene na Câmara Municipal da cidade. A indicação da outorga partiu do presidente da Casa, o vereador Josias de Aguiar Ribeiro, conhecido como Geléia.

Também foram homenageados com o Título, durante a mesma solenidade, o deputado federal Luiz Fernando Ramos Faria (PP-MG) e o deputado estadual Alencar da Silveira Júnior (PDT). “No momento em que sou designado aqui para receber este Título, eu devo dividi-lo, compartilhá-lo com todos os companheiros da administração pública estadual de Minas Gerais”, disse Anastasia ao lembrar que o Governo Aécio Neves é bem avaliado e exitoso porque possui uma equipe coesa, harmônica e integrada.

Os trabalhos na região tiveram início em Bandeira do Sul, onde Anastasia anunciou o atendimento de uma demanda da prefeitura, com a liberação de recursos de R$ 130 mil do Tesouro Estadual para obras de infraestrutura viária, que vão ligar o trevo principal de acesso à cidade ao bairro Correias, um dos mais populosos. O vice-governador esteve no município para a inauguração da avenida José Maure Sobrinho “Juca Maure”, trecho agora pavimentado que liga Bandeira do Sul à BR-267. A obra foi executada por meio de convênio da prefeitura com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop). O Governo do Estado investiu um complemento de R$ 60 mil aos R$ 200 mil, destinados pelo município, às obras.

Energia

Em Machado, Anastasia inaugurou a Subestação Machado 2, da Cemig, acompanhado pelo diretor de Distribuição e Planejamento da Companhia, Fernando Henrique Schüffner Neto. “Esta subestação é muito importante porque ela permite o aumento da carga energética de Machado e da região, podendo ainda ser aumentada. Então isso significa a possibilidade de novas empresas virem para cá”, observou Anastasia.

A Subestação Machado 2 beneficiará os municípios de Campestre, Carvalhópolis, Cordislândia, Machado, Poço Fundo e Turvolândia. O objetivo da obra, que teve investimentos de R$ 12 milhões, é reforçar o atendimento de energia elétrica da região e contribuir para o seu desenvolvimento econômico e social. A nova subestação é alimentada em 138 kV, a partir da Subestação Botelhos, e possui capacidade instalada (25 MVA) que corresponde a aproximadamente três vezes a capacidade de atendimento atual da região.

O empreendimento faz parte do Projeto Estruturador Cresce Minas, que possui investimentos da ordem de R$ 750 milhões e foi implantado em 2006 em Minas Gerais pela Cemig. Os principais objetivos são o atendimento ao crescimento do mercado do Estado, a recuperação e a manutenção dos níveis de qualidade de serviço. Do total de recursos, R$ 100 milhões são financiados pela Eletrobrás e R$ 650 milhões de recursos próprios da Cemig. No sistema de redes de distribuição do Sul, a Cemig investiu R$ 10,9 milhões, construindo 208 quilômetros de rede até julho deste ano e prevendo mais R$ 8,1 milhões até 2010, com mais 67 quilômetros de rede.

Somando-se as obras de subtransmissão e distribuição, já foram implantados 261 quilômetros de novas redes e investidos cerca de R$ 50 milhões do total de R$ 71 milhões previstos. Mais dez municípios ainda serão beneficiados pelas obras que irão entrar em operação até 2010: Aguanil, Campo Belo, Candeias, Careaçu, Cordislândia, Cristais, Ipiúna, São Tomé das Letras, Sapucaí Mirim e Sobradinho, além de outros já beneficiados no ano passado.

Conjunto habitacional

Também em Machado, foi realizada mais uma etapa de inaugurações do Projeto Estruturador Lares Geraes - Habitação Popular. O programa é destinado a famílias com renda de até três salários mínimos. O vice-governador, acompanhado pelo presidente da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab/MG), Sebastião Navarro, presidiu a entrega de chaves das novas casas aos 80 proprietários que vão viver no Conjunto Habitacional Vila Formosa.

“Esta obra aqui realizada é uma conquista do povo, pois o dinheiro aqui utilizado é público e o governador Aécio Neves é muito responsável com isso. Nós somos muito cautelosos em gastar bem. Por isso o presidente da Cohab, Sebastião Navarro, falou que nós já estamos entregando 350 conjuntos habitacionais e até o final do ano serão 400. Serão quase 25 mil casas por todo o Estado de Minas Gerais”, comemorou Anastasia, durante seu pronunciamento.

O vice-governador entregou as chaves da casa própria e um kit de inauguração, contendo os manuais da casa própria e do mutuário, ao aposentado Daniel Vítor Pereira. O ex-servidor público trabalhou como técnico agropecuário na Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e se afastou após ter um acidente vascular cerebral (AVC), há cinco anos. Durante esse período, Daniel viveu na casa do pai. Hoje, pretende reconstruir sua vida em sua nova casa. “Meu sonho foi realizado. Agora vou buscar minha independência na minha casa nova”, festejou.

O presidente da Cohab/MG, Sebastião Navarro, ressaltou que cada casa do conjunto terá um sistema de aquecimento solar, o que contribui com o meio ambiente e com o contínuo desenvolvimento de Minas. O empreendimento da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab/MG) no município teve investimentos do Governo de Minas de R$ 1,88 milhão e a contrapartida da prefeitura de R$ 80 mil, com a doação do terreno e obras de urbanização.

Durante as obras, foram criados mais de 100 empregos diretos e indiretos. Em Machado, 48 mulheres são titulares de financiamento, ou seja, 60% do total de mutuários. Dois outros titulares são idosos que, assim como as mulheres, são arrimo de família e tiveram pontuação maior no processo de seleção dos candidatos à casa própria. Em 2007, já havia sido entregue à cidade, pelo Estado, o Conjunto Habitacional Santo Antônio II, com 210 casas. No Sul de Minas, o Governo já entregou 4.864 casas em 50 municípios da região.

No decorrer da semana, outros três municípios receberam casas do programa. Além de Machado, foram realizadas inaugurações em Itapagipe, no Triângulo Mineiro, também com a presença de Anastasia; Fronteira, no Triângulo Mineiro, e Engenheiro Navarro, no Norte de Minas, totalizando 258 casas. O investimento total nessas obras foi de R$ 5.184.834,78, com recursos do Fundo Estadual de Habitação e com participação das prefeituras, parceiras dos empreendimentos, que doaram os terrenos e executaram obras de infraestrutura. Com essas entregas, o Governo de Minas alcança o total de 18.815 moradias de interesse social entregues em todo o Estado. Outras 2.765 estão em construção e 1.697 prontas, esperando apenas a conclusão de pequenas obras de infratestrutura para a entrega.

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato